quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Cansei de te amar

Cansei de te amar
você não é mais o meu querido
você não é meu mar
é ainda pássaro ferido
Tu me rejeitaste
achou que te amaria pra sempre
ó que pena!!Foste incongruente
Não sei se és lúcido ou demente
Só não te quero mais
Tu pra mim és um outro qualquer
e não se entende.Por que agora me queres?
"Vá catar coquinho" amor
Sou eu ,sou incolor...

2 comentários:

nadypaixao disse...

Você expõe os sentimentos de uma maneira tão universal, que faz a poesia tão bela e perfeita como quanto dizer ao "calo": "eu não te quero mais!"
Parabéns poeta vc é demais!

Quezia disse...

"Não sei se és lúcido ou demente" Perfeito, ainda bem que é só poesia, coitado!quanta agressividade e perfeição num só poema... gostei muito, minha cara. rs